Convênio Fabrani e Ticto

 

O site https://ticto.com.br/ caracteriza-se pela prestação dos seguintes serviços, incluindo a venda à distância e por meio eletrônico de produtos e de serviços:

1) Desenvolvimento de Àrea de Membros ou Alunos. Aqui o usuário consegue desenvolver sua área de cursos online, realizar todas as integrações com domínios e sistemas que já faça uso;

2) Campo de Afiliados: representantes que auxiliam a venda de produtos ou serviços e a plataforma separa a comissão de forma automática identificando o link de venda (seja pelo primeiro ou último clique). O usuário poderá configurar suas regras de comissão;

3) Toda integração desde o momento do rastreamento do anúncio até a compra do produto ou serviço e incluindo pesquisas de satisfação – representam a trilha do usuário dentro a plataforma.

4) Ainda a plataforma fornece soluções completas de pagamento, por meio de um sistema descomplicado e intuitivo, facilitando as transações online através da utilização de cartões de crédito ou de boletos bancários, utilizando um checkout eficiente.

Assim, diante do Convênio exclusivo FABRANI E TICTO, todo aluno terá acesso (por todo período do curso) à plataforma e todas suas funcionalidades.

Os professores estarão aptos a explicar o passo a passo do funcionamento da TICTO dentro da área do aluno.

Após sua matricula, você receberá no e-mail com LINK, LOGIN E SENHA DE ACESSO.

Seja bem vindo à TICTO e ao novo mundo do Marketing Digital 🙂

 

Primeiro Passo para Iniciação Científica

O graduando que pretende participar de iniciação científica ou que tenha interesse pela pesquisa deve compreender o meio acadêmico científico desde cedo.

Então fique atento aos primeiros passos para publicar seu trabalho em revistas científicas relevantes:

1.Encaminhe um e-mail para [email protected] e informe o professor e a disciplina/tema que pretende começar pesquisar;

2.Em seguida você receberá um relatório/formulário para preencher e receber todo acompanhamento neste processo;

3.Comece desde agora pesquisando e conhecendo as revistas e periódicos relevantes dentro da sua área de atuação;

4.O Qualis Capes oferece uma classificação de periódicos que retratam o produto intelectual dos programas de pós-graduação brasileiros de todas as áreas do conhecimento.

5.Antes, o sistema tinha a sua própria plataforma, mas, atualmente, faz parte da Plataforma Sucupira — que engloba vários sistemas e funcionalidades oferecidos pelo Ministério da Educação (MEC).

A classificação ainda é feita pelos comitês compostos por consultores de cada área de avaliação. Os critérios são previamente definidos pela área e aprovados pelo Conselho Técnico-Científico da Educação Superior (CTC-ES).

Todo ano, a classificação Qualis passa por um processo de atualização. Isso é importante porque, com frequência, aparecem novos periódicos, das mais diversas áreas. Porém, existe uma categorização básica, que varia de acordo com indicativos de qualidade. Esses indicadores vão de A1 — mais elevado —, passando por A2, B1, B2, B3, B4, B5, até C — com peso zero.

O Qualis Capes para periódicos é caracterizado e estratificado da seguinte forma:

A1 e A2: contempla periódicos de excelência internacional;

B1 e B2: abrange os periódicos de excelência nacional;

B3, B4, e B5: considera os periódicos de média relevância;

C: contempla periódicos de baixa relevância, ou seja, considerados não científicos e inacessíveis para avaliação.

Para saber qual é a classificação de um periódico, é necessário acessar o portal WebQualis, na Plataforma Sucupira da Capes. Em seguida, clique no menu Consultar, localizado na parte superior esquerda da página, e depois selecione a opção Classificação. Nessa parte, existem três possibilidades principais de busca.

Outra informação relevante: O International Standard Serial Number (ISSN) é uma combinação de oito números que tem como finalidade reconhecer e especificar o título de uma publicação científica ordenada em âmbito internacional. Caso você tenha o ISSN do periódico que deseja consultar, basta digitar o código na área de busca e conferir a sua classificação.

  • Estamos prontos para ajudá-lo nesta nova jornada 🙂

                                     CLIQUE AQUI PARA CONSULTAR O WEBQUALIS

Conheça a Plataforma lattes

Plataforma Lattes é um sistema de currículos virtual criado e mantido pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), pelo qual integra as bases de dados curriculares, grupos de pesquisa e instituições em um único sistema de informações, das áreas de Ciência e Tecnologia, atuando no Brasil.

Foi concebida para facilitar as ações de planejamento, gestão e operacionalização do fomento à pesquisa, tanto do CNPq quanto de outras agências de fomento à pesquisa, federais e estaduais, e de instituições de ensino e pesquisa.

Conheça Césare Giulio Lattes

Um dos maiores cientistas brasileiros, o físico Césare Mansueto Giulio Lattes, mais conhecido como César Lattes, tornou-se um ícone na produção científica mundial e um símbolo, para o Brasil, que serviu de inspiração e estímulo para as gerações seguintes.

Lattes, no período da Segunda guerra mundial, iniciou pesquisas que contribuiriam para o avanço da ciência em relação à estrutura atômica. A descoberta do “méson pi”(partícula efêmera, com massa entre a do elétron e a do próton) foi essencial para os estudos sobre radiação. Para efetuar suas pesquisas Lattes, com notável espírito empreendedor, montou o laboratório de Chaclataya, na Bolívia. Em parceria com outros pesquisadores, obteve importantes avanços como a reprodução artificial dos píons. Em trabalho conjunto com japoneses, fez descobertas como o fenômeno das ‘Bolas de Fogo’, nome dado às nuvens de mésons no interior dos átomos. Apesar de ser crítico de Einstein, suas pesquisas foram fundamentais para o desenvolvimento da ‘Teoria da Relatividade’, pois foram precursoras para a concepção dos ‘quarks’. Dessa forma, apresentam fundamentos das teorias sobre a criação e a expansão do universo.

As contribuições de Lattes não se restringem ao meio acadêmico, no período de 1945 e 1956, houve uma forte interseção entre ciência e política. Os pesquisadores tinham a noção de que a ciência, para progredir, tem que partir de preceitos políticos capazes de arregimentar apoio logístico e financeiro em questões estratégicas para o desenvolvimento nacional. Em 1946, criou o CBPF (Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas) como o primeiro centro independente para pesquisa em física, agora ligado ao Ministério de Ciência e Tecnologia. As suas participações perante organizações de fomento a pesquisa também foram decisivas como integrante da comissão responsável pela instituição do CNPq. Participou no período de fundação, nas primeiras reuniões e, posteriormente, como membro do Conselho Deliberativo de 1953 a 1955. Teve grande atuação em universidades como USP, na cátedra do Departamento de Física da Faculdade de Filosofia, em que implantou o laboratório de emulsões nucleares, e UNICAMP, na direção do Departamento de Cronologia, Raios Cósmicos e Altas Energias do Instituto de Física, onde montou o laboratório de Síncroton. De 1950 a 1959, esteve presente na Comissão de Raios Cósmicos da União Internacional de Física Pura e Aplicada, em que demonstrou a necessidade de integração em parcerias e cooperação entre nações em prol do desenvolvimento científico. Recebeu várias homenagens nacionais e internacionais em reconhecimento ao legado de suas contribuições.

A história do cientista confunde-se com a história da ciência no Brasil e no mundo. (fonte http://lattes.cnpq.br/ , consulta em 15/08/2019, às 16h32min.) 

E Agora? Como criar meu currículo lattes?

Precisa de ajuda com seu currículo lates? Estamos prontos para ajuda-lo, acesse:

  WhatsApp: (16) 99141-5486

  E-mail: [email protected] 

Aqui Você Descobre as Mulheres Pioneiras da Ciência no Brasil:

© 2012 - 2019, IAPA JUS - Fabrani. Todos os Direitos Reservados! É PROIBIDA A REPRODUÇÃO OU DISTRIBUIÇÃO DO CONTEÚDO PUBLICADO NESTE SITE! CNPJ: 17.982.283/0001-17 / E-MAIL: [email protected] / TEL: (16)3204-2994 Avenida General Carneiro, 370 - Jaboticabal / SP